Páginas

quarta-feira, fevereiro 01, 2012

Pesquisa Salarial exclusiva para o Mercado de Moda

 Pelas minhas andanças por algumas cidades brasileiras, pela pesquisa do blog e por informações de leitores, posso afirmar que os salários na área de modelagem têm patamares maiores  nos estados de  São Paulo,  Rio de Janeiro e algumas cidades da região Centro- Oeste.
 A defasagem salarial da Região Sudeste constatada pela pesquisa do Carreira Fashion é resultante da quantidade de empresas que atuam com salários abaixo da média no estado de Minas Gerais,  Espírito Santo, interior de São Paulo e interior do Rio de janeiro.
 Os  salários no Sul também surpreendem em valores abaixo do mercado com exceção de algumas empresas poderosas. 

                                                                                                          Sonia Duarte                                                     


Pesquisa
Acaba de ser concluída a Pesquisa Salarial Carreira Fashion 2011, realizada pelo Carreira Fashion, que é a maior referência em empregos no segmento de moda no Brasil. Ao longo de 7 anos de atuação, foi detectada a grande necessidade das empresas e profissionais obterem informações sobre as práticas salariais desse mercado. Diante desse quadro, a Carreira Fashion resolveu mapear as diversas profissões específicas da área para pesquisar e divulgar as respectivas médias salariais.
“Recebemos muitos pedidos de orientação salarial tanto de candidatos como de empresas de todo o país”, conta o Prof. Dr. Airton Embacher, diretor do Carreira Fashion. Por estar atenta às novidades importantes para quem busca ou oferece uma nova oportunidade na moda, a empresa colheu dados para possibilitar essa pesquisa, de maio a setembro de 2011. “Vamos oferecer um importante material de consulta para as empresas utilizarem como referência no desenvolvimento de seus planos de cargos e salários”, completa.
A metodologia utilizada na pesquisa foi um pouco diferente do tradicional por conta das particularidades do setor, que não são poucas, segundo mostra o seu resultado.  “Pra começar, a profissão de moda no Brasil não é regulamentada e não possui pisos salariais. Somente as costureiras têm sindicato e piso. Além disso, nomenclaturas de cargos e suas funções não são padronizadas aqui. Nosso mercado de moda vem se profissionalizando bastante ao longo dos anos mas tudo ainda é muito recente”, explica Angela Valiera, Designer de Inovação e Novos Negócios da empresa e responsável pela coordenação da pesquisa. “Cada região usa um nome para a mesma função, sendo que cada uma delas tem descrições e funções diferentes”, acrescenta.
No mercado de moda há variáveis também com relação ao segmento de atuação da empresa dentro da cadeia têxtil. Porém, a capacitação, os conhecimentos, habilidades e atitudes exigidos pelas empresas para cada um desses cargos é praticamente o mesmo. “Em função disso, o Carreira Fashion não trabalha com cargos em seu site, tanto no cadastramento de vagas quanto de currículos, bem como não trabalhou assim na pesquisa. Trabalhamos com o cruzamento de área de atuação com nível hierárquico”, revela Angela.
Alguns números da pesquisa:
306 empresas de todos os elos da cadeia têxtil responderam à pesquisa, que também contou com a análise de salários oferecidos em 1.047 vagas do banco de dados do Carreira Fashion;
No total, foram pesquisadas 43 áreas de atuação, sendo cada área dividida em três níveis hierárquicos (Auxiliar / Assistente; Profissional  Pleno;  Supervisor / Coordenador / Gerente) nas áreas de Criação, Produção Industrial, Negócios da Moda e Comunicação em Moda;
A média da bolsa auxílio para estágio em moda no Brasil é de R$ 836,62;
O tempo médio para o candidato conquistar uma colocação no mercado é de 2,8 meses.
Pesquisa Salarial exclusiva para o Mercado de Moda acaba de ser concluída fotos Pesquisa Salarial exclusiva para o Mercado de Moda acaba de ser concluída fotos Pesquisa Salarial exclusiva para o Mercado de Moda acaba de ser concluída fotos Pesquisa Salarial exclusiva para o Mercado de Moda acaba de ser concluída fotos Pesquisa Salarial exclusiva para o Mercado de Moda acaba de ser concluída fotos
Algumas curiosidades sobre a pesquisa
- Os salários da região sudeste não são maiores que os da região sul. Na maioria das áreas de atuação são praticados valores bem semelhantes.
- Apesar de que a maioria dos estudantes procura vagas de assistente de criação/estilo quando sai da faculdade – vislumbrando um futuro como estilistas – um assistente na área de modelagem ganha em média 27% a mais do que um assistente de criação/estilo.
A Carreira Fashion
Fundada em 2005, a empresa de Recursos Humanos Carreira Fashion surgiu como o primeiro site de empregos especializado em moda do Brasil. O fato de seu fundador, Prof. Dr. Airton Embacher ter longa vivência e profundos conhecimentos no mercado de moda, ter sido um dos primeiros professores em cursos de graduação em Moda do Brasil, além de ser muito reconhecido no meio e ter uma grande network profissional foram fundamentais para o sucesso da empresa.  Hoje, o Carreira Fashion tem mais de 3 mil empresas divulgando suas oportunidades de trabalho diariamente. Cerca de 16 mil pessoas já divulgaram seu currículo através do site. O site emprega, em média, três vezes mais que os maiores sites de empregos do país. Isso é possível porque a empresa é segmentada, otimiza o trabalho e os resultados de candidatos e recrutadores, fazendo do Carreira Fashion um ponto de encontro para os profissionais de moda.
Sobre regulamentação da profissão de designer
Está em andamento a regulamentação da profissão de designer. Em maio deste ano, o deputado Penna (PV-SP) entregou à Câmara o Projeto de Lei 1.391/2011 que “dispõe sobre a regulamentação do exercício profissional de designer”. No último dia 10 de novembro de 2011, na Apreciação da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP), o deputado Efraim Filho (DEM-PB), como relator, deu parecer em favor da regulamentação da profissão. Sendo o projeto aprovado, ele vai a plenário onde precisa receber a maioria dos votos. Depois da redação final, vai para o Senado, e caso receba emendas (correções) no Senado, volta à Câmara e refaz o trâmite. Finalmente, após a aprovação das duas Casas, vai para a sanção da Presidente da República, que pode vetar a lei ou parte dela.
Fonte de Pesquisa  Fashion Bubbles
Via Carreira Fashion


Salário de Modelista


Já que muitos ao se iniciar na carreira ficam em dúvida quanto ao valor da negociação e nem sequer sabem responder a perguntas como:
Qual o preço da sua modelagem? Qual o valor da sua diária?... Este post tem como finalidade esclarecer essas e algumas outras dúvidas.

Fique atualizado para melhor se posicionar no mercado.


CategoriaModalidadeR$
AutônomoDiária: 8:00h a 10:00h diaR$ 100,00 a R$ 800,00
JuniorMensal : 8:00h diaA partir de R$ 1.000,00
MasterMensal : 8:00h diaA partir de R$ 3.000,00
SeniorMensal : 8:00h dia + prêmios e viagensR$ 8.000,00 a R$ 25.000,00
VoluntárioMensal: 4:00h diaAté R$ 200,00
AutônomoPor peça : tempo livreDe R$ 40,00 a R$ 500,00 a peça