Páginas

segunda-feira, setembro 03, 2012

Lançamento do Livro Tabelas de Medidas



Queridos leitores,

Tabelas de Medidas é o terceiro livro da coleção MIB- Modelagem Industrial Brasileira e já pode ser encontrado nas livrarias físicas, na livrarias virtuais ou na Loja de Modelagem. Vejam o conteúdo clicando no sumário na coluna à direita. 


O estudo das medidas dos corpos, do nascimento, até a fase adulta, se apresenta em forma de tabelas aplicadas ao corpo humano no formato de bases em duas dimensões. A riqueza de detalhes das medidas permite adaptar as bases a qualquer tipo de corpo. As dicas de modelagem vão de como alinhar uma fenda  a como eliminar os “bigodes” em calças.  
TABELAS DE MEDIDAS contempla os três segmentos - masculino, feminino e infantil, desde o     recém-nascido. De fácil leitura e dados organizados é apoio perfeito para todos os tipos de modelagem.
Designers, estilistas e todos os envolvidos na área estarão adquirindo bases sólidas ao ler essa obra. 




 As habilidades que me despertaram na área de moda, ainda adolescente, me levaram a iniciar, em 1976, a fabricação de roupas em larga escala. Nessa época criei a tão desejada indústria de moda.
 O sucesso e o crescimento da fábrica foram imediatos. Os anos seguintes na empresa foram os mais capacitadores da minha carreira. O aprendizado, além da modelagem e costura, se complementava nas técnicas de estamparia localizada e estamparia corrida. Como tratava algumas peças em lavanderia, fiquei muito íntima das fórmulas de criar as cores fluorescentes que usava no tingimento industrial. Também aprendi como as lavagens e o alvejamento das peças funcionavam. As descobertas no setor de corte, costura, revisão e acabamentos também foram fundamentais para o meu crescimento. A fabricação até então, só em produtos de moda, precisou ser ampliada para justificar o grande número de funcionários ociosos entre os dois lançamentos anuais das coleções. Nesse período a produção passou a ter três segmentos: o de moda, o de uniformes e o de mochilas, que estava entrando no gosto do brasileiro.
Em 1985, o processo inflacionário da economia no país, impediu a continuação da empresa. Nessa época, comecei a formatar e reestruturar outras empresas desenvolvendo as inovações que haviam feito sucesso na minha indústria. Para outras tantas empresas fazia modelagem, pilotagem e a produção das peças. 
Em1993 iniciei a carreira acadêmica ministrando aulas de modelagem em Universidades. A nova etapa caminhava paralelamente as outras atividades. Pesquisadora compulsiva sobre o comportamento do corpo, percebia que as pessoas adquiriam novos hábitos, novas posturas ou faziam manipulações físicas. Ora almejando a mudança do corpo, ora almejando o bem estar. Eu lembro que as pessoas que não se encaixavam em uma tabela de medidas, não se vestiam, apenas cobriam seus corpos. 
Em 2011, a carga horaria acadêmica foi reduzida enquanto as consultorias, as palestras, as pesquisas e as novas literaturas foram ocupando os espaços. Como educadora na área de modelagem, tenho como compromisso qualificar os leitores tornando-os profissionais com alta performance no desenvolvimento de seus trabalhos de modelagem.